No fim

A lua sai do céu;
sobram as estrelas,
mas elas não se sustentam
sem orientação.

Vão matar a poesia.
Enterrar versos que outrora
fizeram rir e chorar.
Emoções e sentimentos
cessam por completo.

Silêncio
a casa está vazia agora
assim como o palco.
Toda luz que um dia
refletiu sorrisos e lágrimas
se extinguiu.

Antes do fim
os homens começam a cair.
Nada parece funcionar
e agora só resta voltar pra casa.

De que valeram todas as canções
se hoje a vitrola está quebrada?
Tempo que não volta;
aproveitar o que ainda falta
Já tanto faz…

O som se esvai até que morre.
A nota é errada, trêmula.
A música não respira mais.
Então ficamos assim:
o último já está apagando a luz.

10/04/2007 – 08:15 p.m.

 

***

 

Escrevi o texto depois que um amigo me disse que uma das bandas nacionais que mais gosto iria acabar. Na verdade, não seria o fim deles, mas o vocalista, o cara que compõe as músicas e é o poeta da banda, estaria abandonando o barco. O caso é que a situação parece ter mudado, e nem mesmo um dos integrantes do grupo, depois que conversei com ele, sabe o que vai acontecer. Prefiro não revelar quem são, mas é provável que algumas pessoas identifiquem, já que alguns versos não são de minha autoria.

É, este foi um perído triste pra mim. Primeiro, anunciaram que o Giovani, baixista e vocalista da banda curitibana Faichecleres, estava de saída. Depois, vieram os Los Hermanos e divulgaram uma pausa indeterminada. E ainda tinha mais essa. Vamos ver onde tudo vai parar.

A impressão é de que tudo está ruindo e me abandonando. E não é que, no final, só nós é que sobramos? Descontruídos, mutilados e vazios. Mas sobramos.

Postado por Mateus Campos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s