Exagero na medida

Ver-te assim, indo
com um sobe e desce de
uma fina carne.
Porque, apesar de tudo ao redor,
não há mais nada.

É um movimento notado
à distância, melhor ainda
quando se está perto e de preferência
da perspectiva de retaguarda.
Uma imensidão macia,
montanhas aos pares com uma
abertura que contém o céu
no meio de um vale de
vegetação rasteira, aparada.
Pelo menos é o que imagino.

Alguém em uma ilha
distante, porém palpável.
Foi um instante apenas
e graças a B. eu estava lá.

Anúncios

Um comentário sobre “Exagero na medida

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s