Atraso

Do talvez ao sim
há um abismo muitas vezes não
tão grande. E eu quero abraçar o abismo.
Mas quando a minha desconfiança se tornou fato,
sorri.
Para dentro, sozinho.
E lamentei.

Pois tudo o que passou ainda não aconteceu.
Vida, essa não está
acontecendo.

Mateus Campos

Anúncios

Um comentário sobre “Atraso

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s