Adorável

Adorável,
a pergunta que me foi feita.
Pois que se era eu mesmo?
Sim.
E depois disso, quase nenhum silêncio.
Mas uma hora ele chegou
e com ele toda a consequência
da ausência de palavras…
Perigoso e errado seria ignorá-lo.

Porque é preciso beijar
o silêncio, ele que é
raro e tem tanto significado.
E por caminhos incertos
mais uma flor nasceu no asfalto.
Alguém vai dizer que ela é
corrompida, impura, condenada.
Mas eles não podem julgar
porque fomos nós que a plantamos.

E uma flor,
não importa a sua origem,
seu nascimento, sua história.
Ela será sempre adorável.

Mateus Campos

Anúncios

Um comentário sobre “Adorável

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s