Pedacinho de vida

Na infância, muitas vezes pegamos o ônibus com a nossa mãe. As pessoas se levantam para nos dar o lugar, um apenas, porque ainda podemos ir no colo.

Então começamos a pegar o ônibus sozinhos, ainda criança. Não é tão comum, mas é possível que alguém nos ceda o assento.

Vem a juventude e logo somos adultos. Daí chega a nossa vez de dar lugar para mulheres, crianças, grávidas, idosos. E assim o fazemos.

Agora estamos velhos. Novamente as pessoas se levantam e dizem, “Senhor, sente-se aqui”.

Não adianta querer se afastar demais e ir para bem longe. No descuido, a gente se afasta tanto que sem perceber já está fazendo o caminho de volta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s