O céu está mais triste

Já não há mais nenhuma pipa no céu.
Mas eu me lembro das rabiolas
feitas com sacolas de mercado.
A visão infantil, simples
de formas de papel flutuando, dançando
ao som surdo de gritos sinceros.

Parece que o mundo encolheu
e a criança não olha para cima.
O céu está mais triste,
a terra mais calada.
A pipa esquecida no telhado
não vai ser a lembrança
de ninguém.

Postado por Mateus Campos

Anúncios